domingo, 27 de abril de 2008

Domingo de leituras

Recados e Imagens - Arte - Orkut
Hoje o nosso Domingo levou-nos até à secção dos livros da Fnac.
Já tínhamos feito as nossas escolhas, preparávamo-nos para fazer o pagamento quando de repente o Gonçalo desata numa gritaria "cócó", "mãe, cócó".
Fiquei estupefacta a olhar para o miudo! Cócó? mas ele ainda não pede para fazer! O que é que lhe deu? Olhei para os manos mas eles estavam como eu... cócó? O pequeno continuava a dizer alto e a bom som, pondo toda a gente a olhar para nós, "mãe cócó!" e apontava para uma prateleira do expositor. O que é que estaria alí?! Olhamos e desatamos todos a rir! Afinal o "cócó" não passava de um livro do "Pocoyo". Esqueceu logo o "Ruca e o pote" no meio do chão... Pocoyo 1 Ruca 0. Talvez para a próxima, desta vez o Gonçalo comprou "Pocoyo e os amigos".

Claro que os manos também vão ter novas leituras nas próximas semanas. O Tójo, no alto dos seus 16 anos, trouxe para casa "Livro para saber o que as raparigas pensam" de Rute Moreira. Tudo porque na apresentação do livro, com o prefácio de Sérgio Godinho, dizia ser "um livro sobre namoros"... já devem imaginar porquê, certo?

A escolha do Diogo recaiu sobre "O menino Nicolau" de Sempé e Goscinny, que conta a história e as aventuras de um menino na escola. Tudo porque muito em breve o Diogo também vai ter as suas próprias aventuras... 5ºano, escola nova, professores novos, colegas novos... já podem imaginar, não é?

A mãe, que demora sempre muito tempo na escolha de um livro, desta vez surpreendeu... foi a primeira a escolher: "A princesa que acreditava em Contos de Fadas" de Marcia Grad. Contos de fadas? perguntam vocês. "Não está já muito crescida para contos de fadas?" Pois é, nem tudo o que parece, é. Marcia Grad é uma psicóloga educacional e professora com uma brilhante carreira dedicada ao Desenvolvimento Pessoal em empresas, colégios e Universidades. Parece ser interessante, além disso, esta obra é já considerada um magnífico bestseller internacional.

Bom, temos muito que ler até às férias. Sim, porque essa foi a promessa que fizemos: vamos todos ler um livro até às férias grandes.

3 comentários:

Regina disse...

Olá amiga, boa tarde.Vi seu endereço no CMI e vim visitá-la está de parabéns, muito lindo o seu blog.Gostaria que aceitasse meu award e o presente para os visitantes, é de coração.Gostei muito daqui, vou te linkar e voltarei sempre que puder.Bjos e uma linda semana, fique com Deus.

Anónimo disse...

Venho trazer uma massagem de Deus em seu coração ,,sim é massagem mesmo!!,que sua semana seja benção ,paz,amor e luz beijos na Alma ,Evanir e Neinha..Obs: tem presente do dia das maizinhas p/ vc .http://shalom.me.zip.net...Amada vc pede uma frase ser mãe é ..nossa quantas frases faria meu Deus!!! Ser mãe é a maior dadiva de Deus......

Manuela disse...

Olá querida amiga.
Também eu sou uma cliente assidua da Fnac.
E da sala da leitura.
Adorei a sua pequena história banal mas muito parecida com as minhas.
Beijinhos e boas leituras.

Manuela