terça-feira, 14 de outubro de 2008

A oração dos cinco dedos

Muitas vezes aprendemos coisas maravilhosas com os mais pequeninos e sem estarmos à espera.Foi o que aconteceu comigo no sábado.Vinhamos da catequese e o meu filho João Diogo disse com um sorriso entregando-me um postal de fundo azul: "Mãe, acho que esta oração tu não conheces!". Olhei para aquelas letras brancas e fixei-me no título "A oração dos cinco dedos". De facto, percebi logo que não conhecia e curiosa continuei na leitura. "A oração é uma conversa com Deus e não uma fórmula. Contudo às vezes precisamos usar um "método" para estimular o nosso tempo de oração. A oração dos cinco dedos poderá ser usada como guia quando se ora pelos outros:

1 - Quando entrelaças as mãos para orar, o polegar é o dedo que está mais próximo de ti. Então começa a orar por aqueles que te são mais próximos - os teus ente queridos. É muito fácil lembrarmos-nos de quem amamos e é um verdadeiro prazer orar por eles.

2 - O dedo que fica ao lado do polegar é o indicador. É o dedo que usamos para apontar. Lembra-nos das pessoas que nos apontam o caminho correto nas nossas vidas. Esse dedo ensina-nos a ora
r por aqueles que ensinam, instruem e curam. Isto inclui professores, os orientadores da nossa igreja, médicos, enfermeiros, etc. Estas pessoas precisam de apoio e sabedoria para orientar as pessoas na direcção certa.

3 - O próximo dedo é o dedo médio que é também o maior dedo das nossas mãos. Ele lembra-nos os nossos líderes. Ora por aqueles que têm autoridade sobre ti - líderes regionais e nacionais, o teu chefe, o dono da empresa em que trabalhas, etc. Essas pessoas são responsáveis pelos destinos do país em que vivemos; pelos nossos empregos e indirectamente por tudo que conseguimos proporcionar aos que amamos. Eles necessitam da orientação de Deus para que exerçam as suas funções com ética, com dedicação, com amor.

4 - O quarto dedo é o anular (o dedo onde normalmente se colocam os anéis) e esse dedo, embora poucos saibam, é o nosso dedo mais frágil, como qualquer professor de piano poderá dizer-te. Ele lembra-nos de orar pelas pessoas que estão doentes, com problemas, que estão a sofrer. Essas pessoas necessitam sempre das nossas orações e jamais conseguiremos orar o suficiente por elas.

5 - E finalmente, temos o dedo mínimo (mindinho) que é o menor de todos os dedos. Lembra-te da tua pequenez em relação à grandeza de Deus. Lembra também que "Os últimos serão os primeiros e os primeiros serão os últimos." Mt 20:16.
O mindinho lembra-te de orar por ti mesmo. Enquanto oravas pelas pessoas representadas pelos 4 dedos anteriores, colocaste as tuas próprias necessidades dentro de uma perspectiva mais apropriada. Isso te tornou capaz de orar por ti mesmo de uma maneira mais eficaz."

Vou fazer a minha oração agora.
Até amanhã e durmam bem.

recados para orkut


4 comentários:

DEIVISON disse...

gostei muito
deivisonamigo@gmail.com

januaria minas gerais

Manuela disse...

(`'•.¸(`'•.¸ ¸.•'´) ¸.•'´)
« Beijinhos!!! »
(¸.•'´(¸.•'´ `'•.¸)`' •.¸)
¸.•´ e boa semana
( `•.¸
`•.¸ )
¸.•)´
(.•´
`*. Manuela

Adorei a oração

Anónimo disse...

olá minha querida,li a oraçao do joão diogo,e gostei muito, não a conhecia, nós cempre aprendemos com as crianças ninguem tenha duvidas.

Elza Moreira disse...

Querida amiga, vim agradecer sua visitinha amável e ver as novidades. Lindas postagens! E essa oração é bem oportuna , gostei muito. Vou já fazer essa oração! Querida, estou feliz por demais ! Ganhei uma afilhada - a querida Jan, que acaba de inaugurar Alguns Sonhos:http://jan1959.blogspot.com/ , passe por lá para conhecer o seu cantinho que fala de dança.Um bom fim de semana
Beijinhos
Elza